Sem concurso INSS, DPU entra com ação pela demora no atendimento

Sem concurso INSS, DPU entra com ação pela demora no atendimento

A importância do concurso INSS voltou a ser destaque após a Defensoria Pública da União (DPU) entrar com nova ação civil pública junto à Justiça Federal contra o órgão. A justificativa da DPU é a demora do Instituto Nacional do Seguro Social em responder os segurados sobre o pedido de benefícios. Essa falha no atendimento tem relação direta com o déficit de servidores e, portanto, com a eventual abertura de novo concurso público para o INSS.

Hoje, a demanda de um segurado do INSS pode levar até seis meses para ser atendida devido à grande carência de servidores. Segundo a DPU, mais de 720 mil pessoas que pediram algum tipo de benefício ao INSS esperam decisão sobre a liberação ou não há mais de 45 dias.

Para amenizar parte dessa carência e ter avanços nos atendimentos, o INSS encaminhou ao Ministério do Planejamento um pedido de concurso para 7.888 vagas, sendo 3.984 para técnico (nível médio), 1.692 para analista (nível superior - áreas ainda serão informadas) e 2.212 para perito (nível superior em Medicina). As remunerações são de R$5.186,79, R$7.659,87 e R$12.683,79, respectivamente.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quebrando a Banca - PF e PRF

24 Jun 2019

Quebrando a Banca. Curso baseado nas Polícias Federal e Rodoviária Federal.

Ir para notícia

SAIU EDITAL - Concurso Polícia Militar de Santa Catarina

24 Jun 2019

Concurso para Polícia Militar de Santa Catarina.

Ir para notícia

Presidente Jair Bolsonaro fala sobre PF e PRF. Veja:

22 Jun 2019

Presidente Bolsonaro fala sobre concursos da PF e PRF possivelmente ainda em 2019.

Ir para notícia

Tribunal Regional Federal - 4° Região

19 Jun 2019

TRF-4. Ainda dá tempo!

Ir para notícia