PRF abre concurso para 500 vagas de policial rodoviário

PRF abre concurso para 500 vagas de policial rodoviário

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou edital de concurso público para 500 vagas de policial rodoviário federal. O salário é de R$ 9.473,57.

Do total de vagas, 100 são reservadas para candidatos negros e 33 para pessoas com deficiência.

Os candidatos devem ter graduação de nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação no mínimo de categoria "B" e que não possua observação de adaptação veicular ou restrição de locais e horário para dirigir.

O policial rodoviário tem jornada de 40 horas semanais e realiza atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da PRF.

As inscrições devem ser feitas de 3 a 18 de dezembro pelo site da organizadora, a Cespe: http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18. A taxa é de R$ 150,00.

A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2019, no turno da tarde. 

A prova objetiva terá questões de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, história da PRF, legislação de trânsito, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e de direito processual penal, legislação especial e direitos humanos e cidadania.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quebrando a Banca - PF e PRF

24 Jun 2019

Quebrando a Banca. Curso baseado nas Polícias Federal e Rodoviária Federal.

Ir para notícia

SAIU EDITAL - Concurso Polícia Militar de Santa Catarina

24 Jun 2019

Concurso para Polícia Militar de Santa Catarina.

Ir para notícia

Presidente Jair Bolsonaro fala sobre PF e PRF. Veja:

22 Jun 2019

Presidente Bolsonaro fala sobre concursos da PF e PRF possivelmente ainda em 2019.

Ir para notícia

Tribunal Regional Federal - 4° Região

19 Jun 2019

TRF-4. Ainda dá tempo!

Ir para notícia