25/11/2016 - PRF: ministro reconhece necessidade de concurso!

Segundo o diretor parlamentar da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Renato Dias, em encontro realizado no último dia 17, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, demonstrou que entende a necessidade de concurso para policial rodoviário federal, mas lembrou que há dificuldade em função do momento de contenção de gastos por parte do governo.
 
O sindicalista acredita que somente no ano que vem, após a aprovação da chamada PEC do Teto dos Gastos, será possível conseguir uma posição definitiva sobre o assunto. Renato dias destacou que no próximo ano, cerca de mil policiais irão reunir condições de se aposentar, agravando o déficit de pessoal, que hoje gira em torno de 2.500 policiais, considerando-se a quantidade de vagas previstas em lei.

Um ofício enviado pela Coordenação Geral de Recursos Humanos à FenaPRF no ano passado apontou uma previsão de 3.600 aposentadoria até o fim de 2017. Dias estimou que nem todas devem se consolidar até o fim do próximo ano. Ele afirmou, porém, que de maneira geral, as aposentadorias não estão demorando a ocorrer. “Quem tem os requisitos necessários está correndo para se aposentar por causa da reforma previdenciária que vem aí”, explicou.

 
O sindicalista destacou que a contratação de novos policiais rodoviários federais é uma reivindicação prioritária da federação e que o ideal seria o preenchimento, o quanto antes, de todas as vagas desocupadas a fim de completar o quadro, que é de, no máximo, 13.098 policiais. “Mas se conseguirmos autorização para mil a 1.500 vagas no ano que vem já seria um avanço”. afirmou Renato Dias.

Proposta de edital até o fim deste ano

 
Em agosto deste ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) formou um grupo de trabalho para elaborar uma proposta de novo edital de concurso para policial. O prazo para a conclusão dos trabalhos vai até o fim deste mês, mas pode ser prorrogado até o fim de dezembro. O objetivo é agilizar os procedimentos em caso de autorização de um novo concurso por parte do Ministério do Planejamento. Este ano, o ministério rejeitou um pedido para 1.500 vagas de policial, em função da suspensão dos concursos implementada pelo governo, por conta da necessidade de ajuste nas contas. A solicitação deverá ser reapresentada no próximo ano. Atualmente, a PRF realiza um levantamento da necessidade de pessoal em todo o país.
 
O cargo de policial rodoviário federal é voltado para homens e mulheres, com idade de 18 a 65 anos, que tenham o ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. A remuneração inicial da categoria é de R$7.177,91, já com o auxílio-alimentação, de R$458. No entanto, já foi aprovado pela Câmara dos Deputados o projeto de lei que aumenta os iniciais para R$9.501,98, a partir de janeiro do ano que vem, havendo ainda outras duas parcelas, previstas para 2018 e 2019. O reajuste depende agora de confirmação pelo Senado Federal.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RS lança edital de concurso com 1,2 mil vagas para Polícia Civil na próxima semana

15 Dec 2017

Concurso está previsto dentro do pacote de 6,1 mil vagas na Segurança Pública anunciado em julho.

Ir para notícia

TCE-RS define banca organizadora para concurso público!

15 Dec 2017

TCE-RS define banca organizadora para concurso público!

Ir para notícia

Concurso STM 2017/2018: Edital para nível médio e superior deve sair até 22 de dezembro! Até R$11mil

14 Dec 2017

O concurso do Superior Tribunal Militar (Concurso STM 2017) tem expectativa de ser divulgado nos próximos dias. O edital já está pronto e passa pelos últimos últimos ajustes.

Ir para notícia

Pelo menos 87 concursos com inscrições abertas reúnem mais de 23 mil vagas pelo país

11 Dec 2017

Há pelo menos 17 concursos com vagas para São Paulo, 16 em Minas Gerais, 12 em Santa Catarina, 6 no Rio Grande do Sul e 6 em Pernambuco, além de outros estados.

Ir para notícia

Fique por Dentro

Receba em primeira mão informações do mundo dos concursos.