Mesmo com remoção, INSS aguarda posição do Planejamento

Mesmo com remoção, INSS aguarda posição do Planejamento

O INSS divulgou na semana passada, dia 11, o edital do concurso de remoção interna dos seus servidores. Essa seleção é realizada para que o Instituto Nacional do Seguro Social reorganize o seu quadro de pessoal. Entretanto, como, tradicionalmente, processos seletivos deste tipo acontecem antes da abertura de um novo concurso público, interessados no concurso INSS 2018 se animaram, com a expectativa de que a nova seleção estivesse mais perto.

Apesar disso, o INSS informou que essa seleção interna é tradicional na autarquia e acontece para reorganizar o quadro de pessoal, que sofre com o déficit de pessoal. O objetivo é otimizar o trabalho do INSS e nada tem a ver com o novo concurso, que segue dependendo de autorização do Ministério do Planejamento.

A publicação do edital de remoção interna também chamou atenção dos excedentes do concurso INSS 2015, válido até agosto. O INSS também esclareceu que essa seleção interna não tem a ver com a possível chamada de excedentes de 2015, cuja autorização também precisa ser concedida pelo Planejamento.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministério Público Federal publica extrato de contrato com banca organizadora do concurso MPU

20 Aug 2018

O Ministério Público Federal publicou na manhã desta segunda-feira, 20 de agosto, o Extrato de Contrato com a banca organizadora de seu próximo concurso público.

Ir para notícia

Concurso MPU: edital sai antes de outubro e provas serão este ano

16 Aug 2018

Após a definição do Cebraspe como organizador do concurso MPU, os milhares de interessados na seleção se perguntam: quando sairá o edital?

Ir para notícia

Urgente! Concurso MPU tem Cebraspe escolhido como organizador

16 Aug 2018

O concurso MPU 2018 será organizado pelo Cebraspe. A dispensa de licitação oficializando o organizador escolhido pelo Ministério Público da União saiu no Diário Oficial desta quinta-feira, dia 16. Agora, o edital é questão de tempo.

Ir para notícia

Michel Temer sanciona LDO e libera realização de concursos em 2019

15 Aug 2018

O presidente Michel Temer sancionou na noite da última terça-feira, 14 de agosto, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. De acordo com o texto, publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (15), foram 17 vetos no total.

Ir para notícia

Fique por Dentro

Receba em primeira mão informações do mundo dos concursos.